Você tem Valor!


Certa vez li a seguinte mensagem:
“Um jovem diz ao seu professor: - Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada. Dizem-me que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e pouco eficaz. Como posso melhorar? O que posso fazer para que me valorizem mais?
O professor sem olhá-lo disse: - Antes de eu te ajudar a resolver isto, peço que me ajude a resolver um problema que tenho, pegue este anel e leve ao mercado e tente vendê-lo para mim, só não aceite menos do que uma moeda de ouro.
O jovem foi até o mercado e logo ao chegar, já começou a oferecer o anel, quando os mercadores ouviam o preço riam, e tentando ajudá-lo disseram que o máximo que podiam oferecer era uma moeda de prata e uma xícara de cobre, pois diziam que o anel não valeria uma moeda de ouro, o jovem seguindo as instruções de seu professor não aceitou nenhum outro valor e voltou fracassado para devolver o anel ao professor. Quando contou o que ocorrera o professor disse para ele ir ao relojoeiro e pedir para que o mesmo avaliasse o anel, mas agora não era para ele vender, por nenhum valor. O jovem sem entender a atitude do professor, dirigiu-se ao relojoeiro, que depois de uma minuciosa avaliação disse ao jovem:
- Se você tem urgência em vender este anel eu posso pagar somente cinquenta e oito moedas de ouro, mas se puder esperar alguns dias posso conseguir até mesmo setenta moedas de ouro por ele.
O jovem pegou o anel e muito animado foi contar as boas novas ao professor, que lhe respondeu:
- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única. E que só pode ser avaliado por um expert, dizendo isto tornou a colocar o anel no dedo.”
Todos nós somos como esta jóia, valiosos e únicos, e quando andamos pelos mercados da vida, pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem, sempre nos decepcionaremos, mas Deus nos valoriza a ponto de permitir que o Seu Filho Unigênito entregasse a Sua vida em nosso lugar, para que, pela graça tenhamos a vida eterna.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo 3:16)”

Pr. Valdomiro Cardoso Filho (Texto adaptado)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enchendo as Redes (I)

Sardes - Igreja Morta

Deus no Controle