Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Volte ao Navio

“Se estes não permanecerem a bordo, vós não podereis salvar-vos” Atos 27.31
 O cruzeiro italiano nominado Costa Concórdia, que naufragou, tinha a tripulação de aproximadamente 4.200 pessoas, destas mais de dezessete faleceram. Foram divulgados os áudios da conversa telefônica entre o capitão Francesco Schettino e a Guarda Costeira, onde o comandante recebe ordens para voltar para o navio e comandar o resgate dos tripulantes. Durante o diálogo, várias vezes o capitão informa que estaria voltando, mas isto não acontece. Encontramos nos textos bíblicos o apóstolo Paulo, que estava na condição de tripulante prisioneiro em uma embarcação que viajava para a Itália. Esta embarcação também sofreu um naufrágio, e diante do desespero e pavor da tragédia, a atitude dos marinheiros foi abandonar o navio, advertidos por Paulo, os soldados cortam os cabos e soltam os botes, que afastam-se impedindo a fuga destes. Abandonar o navio nas dificuldades não é uma atitude exclusiva do comandante Francesco, …